segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A história do big bang

NC
Ao observarem as galáxias, os astrônomos começaram a entender o Universo. Foi assim que eles fizeram, talvez, a mais importante descoberta do século XX-que o como está se expandindo, está ficando cada vez maior. Todas as galáxias estão se afastando umas das outros, aumentando ainda mais as imensas distâncias astronômicas. O autor desse achado espetacular foi astrônomo americano Edwin Hubble, em 1929.Nas décadas seguintes, o feito de Hubble causou um alvoroço maior do que o de Copérnico, quase três séculos antes. O resultado foi a teoria do big bang ou teoria da grande explosão-que explicava a origem do Universo. Pela primeira vez o ser humano se tornava capaz de estudar o cosmo por inteiro, de descobrir como o Universo havia surgido e como evoluía no tempo. Edwin Hubble. A teoria diz que tudo começou há cerca de 15 bilhões de anos, em um pouco microscópico de matéria. Dentro dele a matéria de todas as galáxias estavam esmagadas, confinadas numa esfera menor que o núcleo de um átomo de densidade quase infinita. Num certo instante-o primeiro momento do tempo-,a esfera explodiu, passando a crescer como um balão. Até hoje, por causa dessa explosão, as galáxias estão se afastando umas das outras. Foi o que Hubble viu em seu telescópio.Alguns anos mais tarde, apareceu outra demonstração de que o big bang tinha mesmo acontecido. Em 1964, usando um radiotelescópio (que capta ondas de rádio, em vez de luz), os cientistas ouviram o eco da explosão cósmica.A proeza coube aos especialistas americanos em comunicação Arno Penzias e Robert Wilson. Eles ficaram intrigados com um ruído captado pela antena do radiotelescópio que estavam usando. O barulho vinha de todos os lugares do céu ao mesmo tempo. Eles viraram a antena para todos os lados e lá estava ele. Qual seria a fonte daquele chiado? Ela teria que estar em toda parte ao mesmo tempo, mas como? A resposta é que só uma coisa poderia estar em todos os lugares-o próprio Universo! Penzias e Wilson estavvam ouvindo o estrondo do cosmo, ou pelo menos um restinho dele.Esse barulho não era um som de verdade-o que as antenas estavam captando era o “eco” do big bang. Esse “eco” hoje tem a forma de ondas de rádio, que são “primas” das ondas de luz e, num radiotelescópio, produzem ruídos como os que a tevê faz quando não está ligada em nenhum canal.A História da astronomia chega assim á metade do século XX. A visão do ser humano acerca das estrelas já não tinha nada mais a ver com os porcos comedores da lua da época dos faraós. Nem com as esferas de cristal do Ptolomeu.As novas descobertas fazem o Universo parecer ainda mais fantástico e impressionante.


CONCLUSÃO:

A partir dessa surpreendente descoberta que Edwin Hubble descobriu, que nasceu a teoria do BIG BANG que explica a origem do Universo. Edwin Hubble foi um grande astrônomo, que com seu telescópio observou que o cosmo está em expansão. Apartir dessa grande descoberta surgiu o BIG BANG. O Universo torna as pessoas capazes de pesquisar, pensar, compreender, entender a grandeza e os mistérios que existe nele. Estudar e entender o Universo pode ser difícil, mas quem tem enteresse, paixão, e vontade própria torna fácil o difícil, e tudo o que você descobrir no Universo vai ser mas um caminho para outro mistério, porque o Universo e uma dimensão cheio de mistérios para que o homem se torna capaz de estudá-lo.
Adriana Rodrigues...

2 comentários:

larissa disse...

Fiquei sabendo da história do Big Bang atraves de um amigo meu, gostei e quis saber mais sobre essa historia e achei muito legal nota 10!!!

sandy disse...

eu tenho que faser um trabalho sobre isto mas nao sei se acredito em jesus ou no big-beng

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios